Foto: thumb_manuel_joaquim_paiva
Resumo:

Porto Moniz, 06/10/1867 - Funchal, 24/07/1935

Mestre de Capela da Sé, professor de Música e Cantochão do Seminário. Manuel Joaquim de Paiva orientou a edição de uma coleção cânticos intitulados Melodias Sacras, de acordo com as regras do Motu Proprio. Um decreto criado pelo papa Pio X, com o objetivo de proscrever da Igreja Católica a música teatral baseada nas melodias de óperas.

Foto: thumb_sem_foto3
Resumo:

Lisboa, fl. 1798 - (?), 1833

Violinista, organista, compositor e mestre de música no Seminário Diocesano do Funchal. José Joaquim de Oliveira Paixão ficou conhecido na Madeira sobretudo pela composição de música sacra que foi apresentada durante cerca de um século, nas liturgias madeirenses.

Foto: thumb_sem_foto3
Resumo:

Saragoça, 1879 – Funchal, 1951

Compositor e regente de orquestra durante cerca de três décadas Dário Florez dirigiu concertos, orquestras e compôs músicas de revista, género em que foi um dos músicos pioneiros na Madeira. Salvador Dário Florez de Pando, conhecido simplesmente como Dário Florez, era natural de Saragoça, Espanha e fixou-se no Funchal na década de 1910. Após naturalizar-se português trabalhou como funcionário das Obras Públicas da Junta Geral.

Foto: thumb_jose_junior_rosto
Resumo:

Câmara de Lobos, 27/05/1949 –

Tenor, compositor e professor de canto. José Pereira Júnior destacou-se como membro do grupo Madeira Ensemble e diretor artístico do Orfeão Madeirense.

Foto: thumb_sem_foto3
Resumo:

Ponta do Sol, c. 1915 -  ?, 1940

Regente da Banda Municipal da Ponta do Sol.

Powered by SobiPro

TOP 5 - Biblioteca Digital

Galeria

Subscrever Newsletter